Dicas para quem quer fazer compras no Paraguai

setembro 16, 2010 Postado por
Daquella manera

Foto destaque: Daquella manera/Flickr

Sempre tive curiosidade para saber como era fazer compras no Paraguai. Quando meu pai e irmão decidiram ir, fui contra as indicações deles e parti para Cidade do Leste (ou Ciudad del Este). Os preços baixos e a localização próxima ao Brasil fazem com que vários turistas decidam ir para lá realizar as suas compras. Se você está pensando nisso, vou contar aqui o meu relato de um dia em Cidade do Leste.

Primeiro não atravesse a fronteira com seu carro, pois os roubos são bastante comuns na região e os locais para estacionar são mínimos. Ir de carro é arranjar dor de cabeça, além da longa espera até atravessar a fronteira ainda há a preocupação com os trombadinhas que podem tentar arrombar seu carro para roubar algo.

Vista aérea da Ponte da Amizade, sobre o rio Paraná. Foto: valacir/Flickr

Prefira um táxi ou pegue alguma van que faça a travessia (e não espere conforto nestas vans, alguns hotéis até disponibilizam translado, mas caso o seu não ofereça, procure na região próxima a Ponte da Amizade, sempre tem alguma a espera de passageiros).

Você também pode atravessar a pé, o caminho não é tão longo, o único desafio é se desvencilhar dos sacoleiros que passam levando suas enormes mercadorias no ombro.  Eu fui a pé e tive que me cuidar para não ser jogada ponte abaixo.  Fazia muito tempo que não andava de mãos dadas com meu pai e o medo foi tanto que me agarrei a ele e só larguei quando saímos da ponte.

Chegando a Cidade do Leste, você encontrará os shoppings, ruas lotadas, vendedores ambulantes, barraquinhas de lanche e muita sujeira. Se for com seus amigos sempre os mantenham próximos da vista porque é facinho se perder por lá.

Antes de comprar, faça uma busca na internet sobre as lojas e procure relatos de pessoas que já compraram nela. Aquela famosa frase “la garantia soy yo” é realmente verdadeira. Não espere conseguir reembolso ou troca de algo que comprar. É uma missão impossível conseguir. Algumas lojas até dão garantia (sempre pegue a nota fiscal para depois mostrar na Receita), mas na hora da troca essa garantia pode não valer. Geralmente os vendedores fazem um teste do produto antes de te entregar, preste atenção para saber se o que ele testou é realmente o produto que embrulhou.

Já escutei vários casos de pessoas que deixaram de conferir o produto na loja e quando chegaram em casa viram que tinham comprado vários papéis amassados com algo fazendo peso. Após receber a embalagem abra e verifique se há algum amassado, queimado, coisas do tipo.  É preciso o máximo de atenção com peças para computador. Memórias RAM, por exemplo, são embaladas em papel sem o menor cuidado. Eu caí numa fria com essa, pois uma das memórias queimou. E já tenha em mente que é bem provável que pelo menos um dos produtos que você comprou pode não funcionar. Ainda mais os pequenos produtos eletrônicos que são vendidos fora da caixa. Além da memória também não consegui fazer funcionar um mp3. Mas aí também está outra questão, a marca era desconhecida e o preço incrivelmente baixo. Não caia nessa como eu cai, o que for muito barato é o que tem mais chances de ser o que vai dar pau.

Uma coisa que queria ter comprado no Paraguai era perfumes – quando fui fiquei tão cansada que nem queria mais saber de cosméticos, perfumes ou qualquer outra coisa. O clima na região é muito quente. Em Foz do Iguaçu você toma banho de manhã e a tarde já está suando.

Voltando, alguns perfumes podem estar misturados com cópias. Lembrem-se: os produtos são mais baratos porque não tem uma alta taxa de impostos, porém isso não significa que todos são falsificados.  Se o perfume estiver muito barato, deixe de lado e faça a escolha mais segura e um pouquinho mais cara.

É possível encontrar bolsas de marcas verdadeiras em algumas lojas. Para não ser enganado, procure detalhes na costura, verifique se ela é realmente resistente, não se acanhe se o vendedor olhar com cara feia.

Se bater a fome, continue com fome! Nas ruas da cidade há vendedores ambulantes que vendem lanches. Como não dá para saber a procedência destes alimentos, leve algo na bolsa caso bata a fome. O melhor mesmo é nem levar bolsa ou mochila, a movimentação de pessoas é intensa e sempre tem alguém trombando em você, por isso cuidado com a sua carteira, nunca a deixe no bolso de trás.

Em algumas lojas não é preciso pagar em dólar ou guarani (a moeda local) elas aceitam o pagamento em real. Se usar o cartão de crédito leve o cartão internacional. A cobrança na fatura virá em guarani e não tire o olho do seu cartão quando o vendedor for fazer a cobrança. Aqui é preciso ficar atento com tudo.

O câmbio de Cidade do Leste não segue o oficial, antes de sair pesquise novamente na internet qual a diferença de preços do real para o dólar no site das próprias lojas, cada uma segue um câmbio diferente. Há lojas de câmbio, mas o melhor seria fazer essa troca fora do Paraguai para não pagar um preço muito alto.

A Polícia Federal nem sempre para todos os carros que voltam ao Brasil. Eu voltei numa van cheia de sacoleiros e como não estava levando nada (as muambas ficaram com meu pai e meu irmão) me pediram para levar um tubo de CDs virgens, assim o cara estaria dentro da cota de mercadorias permitidas. Se pedirem para você fazer o mesmo não faça, pois podem estar escondendo alguma droga e quem vai levar a culpa é você, na época não pensamos nisso. Não fomos parados na aduaneira e seguimos viagem. O melhor é ficar atento às regras da Receita, você pode ser o sortudo que eles escolheram parar.

Para falar a verdade, depois desse dia nunca mais quis ir à Cidade do Leste. Eu sei que o Paraguai tem lugares muito mais bonitos para visitar, mas ir para Ciudad é uma loucura total. Se estiver pensando em ir, vá num dia da semana e longe dos feriados comerciais, como dia das crianças, Natal, dia dos pais. A maratona de compras é muito cansativa, uma viagem dessas só vale a pena se você for comprar um item que está muito caro no Brasil ou comprar mais de um produto. Fora isso o melhor é ter a garantia brasileira e não passar por nenhuma enrascada.

Esse post foi escrito para o Blog da MalaPronta.com, hotéis no Brasil e no Mundo pelo menor preço!

Samantha

Samantha Alievi é jornalista e ama viajar (sem gastar muito), conhecer novos lugares e culturas. Se pudesse percorreria o mundo acompanhando o circuito de tênis e o circo da Fórmula 1. Suas principais áreas de interesse no jornalismo são o cultural, esportivo e o científico.

Comentários

Comente via Facebook
Comente via InteseDebate (166)

166 respostas para “Dicas para quem quer fazer compras no Paraguai”

  1. Luis Augusto Jr disse:

    Olá!
    Gostaria de saber onde eu compro roupas da GAP no Paraguai?
    Qual o melhor horário pra fazer as compras?
    Quanto tempo dura essa viagem de van de Foz até o Paraguai?
    e Até que horas é seguro ficar lá?

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Luis Augusto!

      Você encontra facilmente roupas da GAP nos shoppings e eu acho que também deve ter na loja Monalista, a mais conhecida da cidade.

      O melhor horário é de manhã, pois o calor não é tão acentuado. A viagem de van é bem rápida, em poucos minutos você atravessa a ponte.

      É seguro ficar até antes do entardecer, não fique lá quando estiver escurecendo.
      Abraços!

  2. monica disse:

    Planejava ir de carro p foz e aproveitar as comprinhas…ai achei este site e desisti! Pelos relatos ñ vale a pena ir tão longe para correr tantos riscos. Vou conhecer as cataratas e passear pelo entorno, se puder comprar lembranças por perto tudo certo, no mas volto feliz com minhas fotos! Ainda bem q li a tempo.

  3. lane disse:

    Olá Samantha pretendo ir a Foz na proxima semana e vou ao Paraguai comprar algumas coisinhas entre elas pretendo comprar 1 iphone e dois celularese 2 relógios , posso fazer isso ou terei problemas na Alfandega ?
    Me ajuda é minha primeira viagem até lá.Já entendi que roupas maquiagem e calçados não entram na cota é isso ? e bolsas qual a quantidade permitida ? Obrigada

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Iane!

      Sim, roupas, acessórios e maquiagem são considerados itens de uso pessoal e você pode trazer até 20 unidades (sendo somente três idênticos).
      O iphone precisa estar habilitado para ser considerado telefone e você só pode trazer um celular e um relógio.

      Você pode tirar outras dúvidas lendo este post:
      http://www.malapronta.com.br/blog/2010/08/10/comp

      Abraços!

  4. Marilene disse:

    Samantha! vc não conheceu o melhor de Ciudad Del Este! Pra começar, é melçhor ir a tarde …é o paraíso…vc fica tranquila pelas lojas e pode almoçar nos shoppings.Ir ao Paraguai e não comprar perfume é o fim da picada. A LOja MOnalisa é o local onde tudo o que você compra te dão nota fiscal se você tiver medo de falsoficação, pague um pouco a mais e compre tudo lá.Cosméticos então é tudo…nas imediações , no shopping em frente há lojas excelentes de perfumes originais sim, Elegância é uma delas e dentro deste mesmo shopping há outras duas menores onde também tem a linha de bronzeadores Australian Golden..E no Paraguai nem todos são desonestos.Comprei sombras de um camelô e os pinceizinhos soltavam as espumas, só que vi em casa, no dia seguinte fui na banca, estava o sobrinho do homem e ele fez a troca sim. Se tiver tempo, conheça a cidade mais para trás, não fiquem só nas primeiras quadras…conheça o Paraguai realmente.Boas compras!

  5. gabriela disse:

    Tive esta experiencia este final de semana. Não fui pra Cidade do leste… fui lá por Guaíra, qie disseram que era mais tranquilo (e realmente é!). Porém eu tinha uma expectativa maior de preços baixos. Mas no fim creio que não compensa muito não. Realmente a maior parte das coisas é bem mais barata que no Brasil, mas o que você gasta indo até lá, acaba dando quase na mesma, e sem garantia nenhuma. Creio que só vale a pena para quem já está lá por perto e resolver passar. Para mim sair de Curitiba até lá, não compensa muito não… Só compensa quem comprar grandes valores (mas daí arrisca na aduana). Creio que não voltarei tao cedo.

  6. christiano disse:

    Boa tarde, Gostaria de saber Pontos comercias (shoppinhg, lojas) indicado com preço bom e confiaveis para compra de eletronicos.. etc

  7. Jordânia disse:

    Adorei suas dicas!!!!!! Irão me ajudar e muito!!!!!!!!!!!!!

    Grande abraço!!!!!

  8. Danielle Trindade disse:

    Olá Samantha , adorei seu site. pois gostaria de saber se não tem algum site confiavel que eu possa comprar um iphone 4 barato , sem precisar ir ao Paraguai. Me ajuda beijos!

    • samantha_malapronta disse:

      Olá Danielle!

      Você pode comprar por sites americanos, mas é preciso ver se o custo benefício vale a pena, pois mercadorias enviadas pelos Correios são taxadas em 60%.

      Abraços!

  9. fabricio disse:

    ola samantha,,, valew pela materia,,, gostaria de saber uma coisa .. Tem como comprar na Ciudad del Este,, e enviar via correio p o Brasil para fugir dessas taxas de impostos e cotas,,,.. muito grato desde ja… bjus

    • samantha_malapronta disse:

      Olá Fabricio!

      Eu não sei se você vai conseguir encontrar, facilmente, uma agência de correio em Ciudad del Este. Além disso, também há tarifas para as compras enviadas pelos Correios; os valores acima de U$50 são taxados em 60% sob o valor do produto.
      Abraços!

  10. MAYARA disse:

    GENTE, LEVEM DINHEIRO EM ESPÉCIE (DOLAR, REAL OU GUARANI). EVITEM OS CARTÕES O QUANTO PUDER POIS ALGUMAS LOJAS COBRAM UM PERCENTUAL PARA USAR O CARTÃO. ISSO EXISTE NO BRASIL TAMBÉM, MAS NÓS CONSUMIDORES PAGAMOS SEM SABER. JÁ QUE É PARA ECONOMIZAR… O PAPEL MOEDA É SEMPRE MELHOR. E QUANTO A COMPRAR DOLAR LÁ NO PARAGUAI É POSSIVEL SIM, MAS O MELHOR HORÁRIO É A TARDE, A VARIAÇÃO CAMBIAL É MAIS BAIXA. QUANTO AOS ELETRONICOS A DICA É O LACRE ORIGINAL DA CAIXA E SEMPRE OBSERVEM O TESTE.

  11. Bruno Alves disse:

    Olá Boa tarde, parabéns pelas informações.

    Se por acaso a pessoa atravessar a fronteira varias vezes com o a cota estipulada, é possível?

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Bruno!

      Só é permitido usar a cota uma vez, se você for parado duas vezes, a Receita poderá deter as suas mercadorias.

      Abraços!

  12. Dadá disse:

    Olá, Samantha…antes de mais nada gostaria de te parabenizar pelo blog e, principalmente, esse post! Bem esclarecedor. Todas as suas respostas esclareceram mt das minhas duvidas, coisa que eu não conseguia em lugar nenhum! Eu gostaria de confirmar o seguinte: eu quero ir ao paraguai para comprar perfumes, óculos, bolsas, acessorios pra unhas, coisinhas pra casa (tipo talheres, utensilios legais que encontrar por la), e outros importados que aqui sào caros..enfim, nada eletrônico! Esse produtos são isentos de imposto, independentemente do valor? Só eletrônicos que se incluem nos $300,00 para nãlo pagar imposto? Lembrando que quero comprar pra uso próprio e não pra revender! Desde jâ obrigada..beijos

    • samantha_malapronta disse:

      Muito obrigada, Dadá!

      A cota de U$300 vale para todos os produtos que você traz do exterior, independente se são eletrônicos ou não. Como estes produtos que você vai comprar são de uso pessoal, você pode trazer até 10 unidades dentro da cota (ou seja, além dos US$ 300 de isenção, você também tem a cota de 10 unidades)

      Neste guia da Receita você pode ter outras informações sobre a cota de produtos: http://www.receita.fazenda.gov.br/Publico/Aduana/

      Abraços!

  13. julio disse:

    Bom dia Samantha ! sou de farroupilha-rs quero ir a py comprar um samsung galaxy s3 e um notbook o valor do not é de uns 600 dolares e umas camisas hollister e abercrombie no mixshop vou de onibus de linha e gostaria de saber qual a maneira mais facil e tranquila sem de passar pela ponte com risco minino dos fiscais me parar.

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Julio!

      É difícil dizer qual o risco mínimo, pois é quase um sorteio. As vans lotadas e os ônibus geralmente são parados.

      Abraços!

  14. Teófilo disse:

    Olá Samantha, otimo blog lir todos os comentario e tenho percebido o quanto vc tem ajudado ao leigos e novatos como eu. Sou do interior da Bahia, estou montando um site e-commerce preciso vender algo que tenha retorno e lucratividade no consumo brasileiro em sua visita cidad de lest algum produto que vc achou com muita vantagem em comparação ao Brasil? vc viu alguma coisa do tipo sex shop, ou outros itens interessantes? grato

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Teófilo!

      Os eletrônicos, perfumes e roupas de marca são os itens mais procurados. Mas é preciso cuidado com eles, principalmente perfumes e roupas, pois é difícil identificar quais são verdadeiros. Eu acho que o que mais compensa é os eletrônicos, pois a diferença de preços é absurda.

      Eu não vi nenhum sex shop, provavelmente eles devem ficar um pouco fora da área dos shoppings.

      Abraços!

  15. felipe disse:

    Bom dia.gostaria de saber se vale apena se registrar como sacoleiro,pois diz que tem cotas maiores ,que o imposto é de 25% mais o IPI.

  16. Roberto disse:

    Em hipótese alguma vá de van "paraguaias" ou ônibus para o paraguai, pois o risco de ser assaltado no meio do caminho é muito grande. Não leve nada que chame atenção no corpo como alianças, brincos de ouro e até mesmo celulares. Vá o mais simples possível, com dinheiro de preferência dentro do tênis. Em doleira já está manjado. Lá é terra de ninguém, a polícia paraguaia protege os ladrões de lá.
    Para se deslocar para o paraguai com intuito de compras a melhor opção é ir através de pacotes realizados no próprio hotel ou por meio de agência de viagem legalizada. Comprar somente em shoppings e não fale com os paraguaios, eles sabem que vc é turista e está com dinheiro.
    Mais uma vez repito, não entre em vans de desconhecidos…

  17. Raquel disse:

    Boa noite! Samantha estou indo neste mês com minha irmã estou com muito medo pois é nossa primeira viajem para Foz e Paraguai ,gostaria de comprar um iphone,4 perfumes,cremes p/rosto cabelo oculos sera que vai passar da cota,vou de aviao e mesmo assim ele para as vans das companias aereas,desde ja obrigado e amei o seu site.bjs

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Raquel!

      A cota para quem viaja para o Paraguai por via terrestre é menor, sendo U$300. Dependendo do modelo do Iphone você até consegue ficar dentro da cota, já os outros produtos entram na lista de mercadorias isentas, mas lembre-se, há um limite, por exemplo: você não pode trazer mais do que vinte unidades e não pode haver três produtos idênticos. Se ficou alguma dúvida, você pode ler este post que fizemos sobre compras no exterior:
      http://www.malapronta.com.br/blog/2010/08/10/comp

    • Letícia disse:

      Olá Raquel! Fui esta semana para Foz (avião) e de ônibus local de Foz ao Paraguai. Foi tranquilo, pois comprei 2 câmeras digitais, um iphone 4, três perfumes importados, roupa de cama, e inclusive, tive que comprar lá uma mala, a qual coloquei os brinquedos que comprei para o meu filho e sobrinho. Voltei a Foz de ônibus local (esta, acredito ser a melhor opção, pois vi que os ônibus de excursão estavam parados na aduana, e este, passaram direto) e de Foz a POA/RS, sem maiores problemas no aeroporto. Gastei em torno de R$ 1.500,00 e estou pensando em voltar para buscar perfumes e maquiagens para vender!

  18. vitor disse:

    Eu to indo pra foz do iguaçu pra ver uns parentes dele,mais vou ir no paraguai para fazer comprar como perfumes camisas tenis,e coisa pra minha familia eu queria saber algumas dicas para passar mais coisas pela fronteira ???

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Vitor!

      Eu acho que você consegue fazer as suas compras dentro da lei, pois a Receita tem uma cota de isenção em que o viajante pode comprar até 20 itens pessoais como tênis, camisas, perfumes (sem serem três idênticos). Além disso, há também uma cota de U$300. É muito difícil dizer quem vai ser parado na alfândega, pois é quase como um sorteio, mas os mais visados são as vans e os ônibus.

      Abraços!

    • thiago disse:

      camisetas? nem pensar não vale a pena quer comprar roupas de grifes só na argentida vc acha, paraguai é indicado produtos de peles e eletroeletronicos, ou compra roupa no bras em sampa

  19. vcbahia disse:

    Olá, tenho interesse em viajar ao Paraguai para comprar alguns Iphones 4s e projetores portateis para revendê-los. Quais dicas para se livrar da fiscalização? Compensa pelo valor de compra e preços praticados no Brasil? Vale a pena sair da cidade de Ilheus-Bahia, diante as circunstâncias citadas? Aguardo alguma ajuda.

    • samantha_malapronta disse:

      Olá!

      Geralmente a Receita Federal concentra a fiscalização em vans e ônibus. Por ser muito mais barato do que aqui no Brasil até compensa sair do país, mas como você mora muito longe, aconselho que você faça um levantamento com todos os gastos da viagem. Veja o total e compare com a compra dos produtos aqui no Brasil. Se a diferença for de 200 reais, é melhor comprar o original.

      Outra dica é seguir viagem para Guaíra, no Paraná. A cidade é porta de entrada para Salto del Gaira, no Paraguai, uma localidade bem mais calma do que Cidade do Leste.

      Abraços!

  20. fabio disse:

    Bom dia a todos! quais os dias de menor fiscalização e no caso voltar do paraguai ou de foz no domingo é melhor?

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Fabio!

      Quando há menos carros fazendo a travessia a fiscalização é maior, pois eles tem mais tempo para revistar. No entanto, optar por viajar em dias movimentados, próximo a datas comemorativas (como Natal, dia dos Pais) também não é uma boa alternativa, pois a cidade fica muito cheia. Domingo não é um dia muito bom, pois há muita gente fazendo compras. Prefira comprar na semana, mesmo que a fiscalização seja maior, você poderá, pelo menos, comprar tudo em tranquilidade.
      Abraços!

  21. fabio disse:

    Boa tarde gostaria de saber qual o transporte de menor risco de ser parado na volta

    pois pretendo comprar um helicoptero rc sai 1400 dolares como passar sem risco de ser parado?

    no caso irei se hospedar em foz do iguaçu no caso voltande para casa por onibos da rodoviaria quais os riscos?

    grato fico no aguardo

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Fabio!

      Qualquer ônibus corre o risco de ser parado, a Polícia Federal não tem nenhum critério, se eles suspeitarem de algo, o ônibus será parado.

      Abraços!

  22. reginaldo disse:

    gostaria de saber onde compro cuéca boxer e qual o preço que custa ?

  23. Luana disse:

    Oi Samantha, obrigada por seu relato; muito útil :)
    Estou indo pra lá e até aluguei um carro, mas pelo que li ir de carro nem pensar; mesmo indo com a van "leva e traz" vou perder tempo na fila de carros pra atravessar a ponte… então é melhor deixar o carro perto ou ir de ônibus e atravessar a pé como vc. E as lojas e o tal Shopping Del Este é tudo perto? Se faz tudo a pé ? Grata :)

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Luana!

      O mais aconselhável é escolher um dia na semana e pegar uma van. Nos finais de semana a fila de carros é grande, mas na semana ela é menor. Para não cair em furada com a van, você pode entrar em contato com alguns hotéis de Foz que oferecem traslado para o Paraguai.

      As lojas são próximas, porém é preciso andar muito e isso cansa rapidinho.

      Abraços!

    • thiago disse:

      deixe o carro no estacionamento perto da rodoviária e vai de taxi ou onibus o onibus vc paga 3,50 ele deixa vc na cidade del leste mas pra voltar com mercadoria somente de taxi ou de van

  24. nadson disse:

    e mais recomendavel comprar o dolar no paraguai?

  25. nadson disse:

    Ola samantha,

    quero ir ao paraguai fazer compras e surgiram algumas indagaçoes:

    onde consigo a cotação de dolar mais barato, dentro ou fora do paraguai?

    se ovalor das minhas compras for acima de 300,00 dolares tem algum meio de atravesar com risco zero? posso ir de avião ao paraguai? se não ate onde ? a fiscalização e diferente?

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Nadson!

      Algumas lojas seguem uma cotação própria, às vezes mais barata que a oficial. Tente achar o site da loja ao qual pretende comprar e compare a cotação.

      Você pode levar outra pessoa para ir com você, assim cada um fica dentro da cota e não há perigo dos seus produtos serem taxados. Sim, você pode ir de avião, a fiscalização é a mesma, somente a cota muda, sendo U$500.

      Abraços!

    • Marilene disse:

      Compre dolar no Brasil

  26. alex disse:

    por favor queria saber como faço para compra no paraguaí eletrônicos em contida-de e volta de la com o minimo de risco. de ônibus de avião de manda tudo por trasportadora. pois tenho uma loja e queria compra em atacado. obrigado

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Alex!

      Quando você compra grandes quantidades a chance de ser parado na alfândega é maior. Vale à pena ir acompanhado para repartir os eletrônicos com outra pessoa. Ônibus e vans são muito parados, pois os fiscais já sabem que eles levam pessoas que compram grandes quantidades. De avião você terá que passar por uma segunda fiscalização, além da fiscalização na ponte também terá a fiscalização do aeroporto.

      Abraços!

  27. marcelo freitas disse:

    ola boa tarde querida,,vale a pena comprar x box e playstation 3 pra revender sendo que pelo que eu pode ler aqui agente nao pode trazer 2 de cada se nao paga taxa e revistado e tal enfim vale a pena?queria comprar 4xbox e 2 play 3 vale a pena?

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Marcelo!

      Você pode trazer sim, mas caso seja parado na alfândega será preciso pagar o imposto. Vale lembrar que por via terrestre a isenção é de apenas U$300.

      Abraços!

  28. Adilson disse:

    Ola, varias perguntas sobre compras como passar na fronteira, Agora uma duvida enorme e se eu me hospedar no Paraguai e voltar no Domingo depois das 16 horas, qual o risco?

    e comprar cameras de segurança tem alguma loja especializada neste segmento?

    Obrigado!!!

  29. Katia L disse:

    Olá, irei para o Paraguai no meu do mês de agosto e gostaria de saber onde comprar?? estou indo atrás de acessórios para xbox360 e celulares, tablet e quem sabe roupa de couro. Alguém pode me ajudar

  30. André disse:

    Oi, tive um problema com uma loja chamada Mazen Center, comprei um tablet mas depois decobrir que sua camera não estava funcionando, fui na loja para trocar e o dono disse que ele entregaria para distribuidora para me dar um novo.
    Eu disse que não poderia ir lá de novo voltar mas ele disse que eu dando o endereço mandaria o produto ser entregue em uma semana, acreditei nele.
    Pois bem, já passou um mês e nada, e ainda por cima o dono broqueou minhas ligações para ele, não recebi o produto e nem meu dinheiro de volta.

    Tenho a nota fiscal, gostaria de saber se há meio de eu exigir meus direitos no Paraguai ou lá os produtos são baratos por que é uma terra de ninguém?

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, André!

      Você pode exigir os seus direitos, pois a polícia e os comerciantes não querem ficar com a imagem de que tudo é falsificado. Você pode procurar a Dirección General de Defensa del Consumidor:

      Vía Telefónica: 021- 661 662 R.A.
      Personalmente: Avda. Mariscal López 3333 c/ Dr. Weiss – 1er. Piso
      Electrónicamente: consumidorinforma@mic.gov.py

      Ou a Polícia de Turismo do Paraguai.
      Abraços!

    • flavia disse:

      fiquei sabendo que perto do shopping del leste tem a delegacia do turista que pode te ajudar. Você pode pedir ajuda ate para o segurança da loja onde fez a compra.

  31. Julia disse:

    Olá, li sua matéria mas ainda tenho uma dúvida que não consegui esclarecer em nenhum lugar e gostaria de saber se você poderia dar a resposta. Bom, eu e minha família ficaremos em Foz do Iguaçu bem na fronteira com o Paraguai mas moramos em Florianópolis. Queremos comprar alguns eletrônicos como notebooks, ipod etc. Para chegar ao hotel de Foz de carro pode acontecer de não precisar pagar a cota mesmo passando dela, certo? Mas para voltarmos para Florianópolis, no aeroporto, pode ter o risco de pagarmos multa por não ter pagado a cota e não registrado na receita? Ou até mesmo pegarem os eletrônicos? Quais são os riscos? Grata desde já.

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Julia!

      Você pode falar no aeroporto que não foi parada na alfândega, o que é bem comum, pois dificilmente eles param alguém na Ponte – o movimento é intenso e eles acabam focando mais em ônibus e vans. Como não existe mais o DBA, fica mesmo difícil comprovar a saída dos produtos com o conhecimento da Receita, mas acredito que eles não vão reter os eletrônicos e nem lhe multar.

      Abraços!

  32. Kelly disse:

    Olá Samantha, estou indo semana que vem ao Paraguai, meu interesse é comprar uma maquina digital pra mim semi profissional, vi que passa da cota, será que consigo passar como maquina pessoal, digo que não tenha comprado lá, estarei de excursão?

    E devo levar dolar já ou real?

    +ou- sabe o valor do guarani?

    Abraços

    • samantha_malapronta disse:

      Olá, Kelly!

      Como a máquina terá a aparência de nova, pode ser que eles lhe taxem. Mas é muito difícil pararem na alfândega, o movimento é muito intenso e muita gente acaba não sendo vistoriada.

      Eu aconselho levar já em dólares, a cotação do Guarani é 2500 = 1 real.

      Abraços!

  33. Ericson disse:

    Olá Samantha.

    De onde são procedentes estes produtos que não são originais, por exemplo os perfumes.

Deixe uma resposta