Havaí, o paraíso no Pacífico

setembro 19, 2012 Postado por
hawaii destaque

Pensou num paraíso praiano, pensou no Havaí. O estado americano não só tem paisagens arrebatadoras, como a sua história fez parte de uma grande mudança no século passado. Localizado no meio do Oceano Pacífico e conhecido por oferecer uma experiência transcendental aos seus visitantes, o Havaí é muito mais do que ondas gigantescas na cor azul turquesa, areia dourada e músicas relaxantes.

Águas transparentes e areia clara. Foto: Shutterstock.com

Como chegar

O Havaí é uma das ilhas mais distantes do continente americano. E a viagem até o país é longa; boa parte dos voos que saem do Brasil tem escala já nos Estados Unidos e o voo dura em média 15 horas. Ao chegar a Honolulu, a capital do estado, não deixe de alugar um carro, pois as praias ficam longes umas das outras e os passeios ficam mais econômicos com você fazendo o seu próprio roteiro.

O que fazer

O Havaí é a grande junção de todas as maravilhas da natureza. Os raivosos vulcões são apenas parte do espetáculo natural proporcionado, todos os dias, pela mãe natureza. Os lançadores de lavas são tantos no país, que uma visita ao Parque Nacional dos Vulcões consome quase sete dias de passeio! A entrada, ao preço de dez dólares, autoriza a travessia de carro próprio.

A paisagem do Parque Nacional é até um tanto desoladora para quem está esperando ver, primeiramente, aquele cenário tropical havaiano. O solo escuro, a falta de vida e o som das ondas quebrando ao fundo compõem um momento de solidão e reflexão. A visita é como uma experiência entre você e a força da terra, principalmente quando vemos de pertinho, o vulcão Kilauea soltar a sua fumaça e borbulhar a sua lava incandescente.

Com a constante atividade dos vulcões, o Havaí acaba ganhando novas ilhas a cada novo século. O arquipélago tem mais de 130 ilhas, algumas ótimas para visitações e outras pequenas demais para os turistas. A Big Island é onde estamos – a maior ilha é o local da capital do estado, Honolulu e dos vulcões.

Na Big Island também está a histórica praia de Waikiki, que viu jovens pegarem a sua prancha de surf e iniciarem as competições nas ondas. A extensão da praia é uma das principais características dela: sua área é tão grande que foi divida em Kahanamoku, Fort Derussy e Kuhio Beach Park.

Um verdadeiro cenário idílico é o que aguarda os turistas na Ilha Mauí. A vegetação densa da costa esconde praias de beleza inigualável; águas transparentes invadem a areia dourada e as formações rochosas, em formas bem acabadas como curvas no horizonte complementam a vista. O Haleakalā National Park, berço de um vulcão adormecido, e as praias da região leste e sul podem encarecer a sua viagem, mas valem muito à pena!

Na volta à Big Island, o leque de praias inesquecíveis é grande, mas a Papakōlea Beach e Kealakekua Bay são as mais lembradas pelos turistas devido as suas peculiaridades. Na primeira, a areia tem um tom verde e a segunda tem águas transparentes, que se estendem por um longo caminho, sendo possível ver tartarugas e outros animais marítimos a olho nu. A praia Hanauama Bay, na Ilha de Oahu, também segue estas mesmas características: água rasa e clara, animais a vista e um entorno de tirar o fôlego.

Pouca gente sabe, mas as cachoeiras são outra joia do Havaí. Na zona nordeste da Big Island, siga para a Costa Hamakua, que guarda emocionantes surpresas. Em uma das praias, o paredão de parede invadido pela vegetação é banhado por uma cachoeira. Faça este passeio de carro para poder fazer várias paradas no caminho, entre elas no Akaka Falls State Park, no World Botanical Gardens e no Hawaii Tropical Botanical Garden. Estas são atrações imperdíveis, que caso você não conheça, ficará arrependido quando chegar em casa.

À noite, quando a natureza é ofuscada pela escuridão, Honolulu inventa programas excelentes para os seus visitantes. Na cidade, os luaus são a atividade noturna preferida dos locais e turistas.

A Praia de Waikiki tem ótimas festas noturnas. Foto: Shutterstock.com

A chama da fogueira ilumina e dança conforme o som do ukelele na praia de Waikiki. O bairro Chinatown abriga várias casas noturnas e restaurantes. O Museu de Artes de Honolulu também é uma boa pedida para noite, a cada última sexta do mês ele prepara uma festa que envolve boa comida, artes e música.

A visita ao Pearl Harbour – que foi o protagonista do estopim para a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial -, é uma maneira excelente de encerrar a visita ao estado. No local há um memorial para as vítimas do ataque japonês e tours pelo porto. Para chegar até lá é preciso seguir pela costa norte sentido aeroporto.

Hospedagem no Havaí

O Jacaranda Inn é uma hospedagem situada numa paisagem bucólica de Waimea. No hotel há campo de golfe, wi-fi gratuita e aluguel de equipamentos de mergulho.

 

E você, já sonhou em conhecer o Havaí? Deixe o seu comentário!

Foto Destaque: Shutterstock.com

Esse post foi escrito para o Blog da MalaPronta.com, hotéis no Brasil e no Mundo pelo menor preço!

Samantha

Samantha Alievi é jornalista e ama viajar (sem gastar muito), conhecer novos lugares e culturas. Se pudesse percorreria o mundo acompanhando o circuito de tênis e o circo da Fórmula 1. Suas principais áreas de interesse no jornalismo são o cultural, esportivo e o científico.

Comentários

Comente via Facebook
Comente via InteseDebate (0)

Deixe uma resposta